Curiosidades

Eminem é o rei do pop segundo a MTV britânica


MTV britânica diz que Eminem é o novo "Rei do pop"
Em março, a MTV do Reino Unido lançou uma enquete chamada “Seu Rei e Rainha do Pop”. E agora, o site da emissora divulgou o aguardado resultado! 

Britney venceu a Adele, Alicia Keys, Beyoncé, Cheryl Cole, Katy Perry, Kylie Minogue, Lady Gaga, Pink e Rihanna, recebendo o título de Rainha do Pop da MTV!

Ainda de acordo com a enquete, Eminem foi eleito pelo público o Rei do Pop, Avril Lavigne a Princesa do Pop e Justin Bieber o Príncipe do Pop. 

Ao todo, o site britânico computou mais de três milhões de votos! 

Confira os novos eleitos pela MTV:

Rainha do Pop: Britney Spears
Rei do Pop: Eminem
Princesa do Pop: Avril Lavigne
Príncipe do Pop: Justin Bieber
Lordes do Rock: 30 Seconds To Mars
Condes do Indie: Mona
Rei do Rap: Eminem 
Rainha do Dancehall: Rihanna
Cavaleiro da Távola Redonda: David Guetta
Soberano Sênior: Michael Jackson

Madonna ficou de lado, Michael Jackson subiu de nível, Justin Bieber ganhou um título e o rapper Eminem é a majestade do POP. 


Eminem dá colar caríssimo de presente para fã.


Quando Eminem quiser provar que não tem apego com bens material, é melhor estar por perto para ver o que vai acontecer. Em um show recente, na Inglaterra, ele deixou os seus fãs embasbacados quando tirou um colar de seu pescoço e deu de presente para uma fã. O ato foi uma maneira de responder à uma notícia publicada em um tablóide inglês que dizia que o rapper gastou quinhentas libras (mais de 2.300 reais) em presentes para os amigos em apenas sete dias. Então, Eminem tirou o colar, no palco do Milton Keynes Arena, dizendo: "Eu nunca gastaria tanto em jóias. Não estou ostentando, mas este colar me custou 450 mil dólares". Aí, ele se agachou no palco e deu o colar de presente para uma fã. Em entrevista á revista New Musical Express, um dos espectadores que testemunharam a cena contou o estado em que a garota ficou. "Ela pareceu tão surpresa! ela quase desmaiou, sem acreditar, mas seus amigos ajudaram ela a ficar de pé. Num certo ponto, eu achei que ela ia vomitar nos sapatos de Eminem".


Eminem e seu colar misterioso


Eminem está levando a sério o título de seu último álbum, depois de aparecer na sua performance do Grammy Awards, com um misterioso pingente, que muitos ligaram aos Illuminatti, descobrimos o verdadeiro significado do simbolo, que mostra que o rapper de Detroit falou sério quanto a se livrar de seus vícios.
O pingente na verdade é o colar de sobriedade dos Alcoólicos Anônimos, mais um passo na longa batalha de Eminem contra sua toxicodependência e alcoolismo, uma batalha que Em parece estar vencendo. Eminem revelou no ano passado que seu vício em analgésicos e outros medicamentos prescritos roubaram  sua formidável habilidade de rimar e que ele tinha de reinventar a sua abordagem à música.
“Eu tive que aprender a escrever rap novamente, e eu tinha que fazê-lo 100% sóbrio e limpo”, disse Eminem em relação ao seu quinto álbum de estúdio, Recovery. “Não me  sentia bem com isso no começo … Quero dizer, no sentido literal, eu realmente tive que aprender a dizer as minhas letras novamente;. como montar as frases, fazê-las fluir, como usar a força para que eles ouvissem o que eu queria dizer”
O The Hollywood Reporter, que resolveu o mistério, informou que o triangulo do colar de sobriedade dos Alcoólicos Anônimos representa uma resposta em três partes (a unidade, a recuperação, e o serviço), para as três três partes das doenças do alcoolismo e das dependências (física, mental, espiritual). O círculo em torno do triângulo representa um sentido de totalidade, como as batalhas das pessoas inscritas no programa de AA.

Mundo Literário


O rapper de Detroit, que já vendeu mais álbuns do que qualquer um na última década, tem uma base enorme de desafetos da juventude suburbana atraídos para sua raiva, sarcasmo e humor amargo. Sua legião de admiradores também dispõe de um círculo de elite enorme no mundo do livro. Sério mesmo.

Entre eles:

• Prêmio Nobel: Seamus Heaney. Famoso pela narração do dragão medieval no drama "Beowulf", o poeta irlandês, 71 anos, declarou em 2003 que Eminem "criou um senso do que é possível. Ele enviou uma tensão em torno de uma geração. Ele fez isso não apenas através de sua atitude subversiva, mas também sua energia verbal".

• Autor de "The Last King of Scotland" Giles Foden. Em 2001, a romancista britânica comparou o rapper ao Robert Browning e escreveu: "Uma breve avaliação de (single de 2000) 'Stan' revela que ele tem toda a profundidade e textura dos maiores exemplos do verso Inglês".

• Rainha dos best-sellers, Janet Evanovich. Ela descobriu Eminem por volta de 2000, graças à sua filha Alex, que era uma fã. "Ele é um rapper incrivelmente talentoso, e os vídeos combinavam com a energia da música perfeitamente".

Sua favorita: "Eu realmente gosto do clipe 'Without Me'. O formato de histórias em quadrinhos é demais, e eu adoro Eminem e Dr. Dre arrasando no Batmóvel".

Como é que Evanovich avalia suas letras? "Eu não. Eu só curto".

O mundo literário caiu para os roqueiros antigamente. Desde o início de sua carreira, Bob Dylan deixava o público iluminado em vapores, e Leonard Cohen, um poeta e romancista admirável antes de ele soltar sua primeira nota, continua sendo um objeto de amor eterno. Patti Smith, "Robert Mapplethorpe e eu" livro de memórias, Just Kids, foi nomeado para o National Book Critics Circle Award, tendo já conquistado prêmio National Book na categoria 'não-ficção'.

Eminem não escolheu um sobrenome com referência ao poeta galês Dylan Thomas, ele também não é um sênior luminar se aposentando em semi-respeitabilidade. Ele é uma estrela de 38 anos, liderando o Grammy deste ano com 10 indicações do seu álbum "Recovery" de 2010. (A premiação vai ao ar dia 13 de fevereiro pela CBS.) E sendo um rapper branco que domina um gênero essencialmente negro, ele carrega uma bagagem racial. Como o mestre do terror Stephen King escreveu em sua coluna no Entertainment Weekly: "Comecei pensando que Eminem era um fogo de palha, uma espécie de irmão Hanson do hip-hop. Como eu estava errado. 'Recovery' às vezes é engraçado, por vezes terrível, sempre dolorosamente honesto. A combinação de Eminem e Rihanna em 'Love The Way You Lie' é pura genialidade".

Lembraram uma tendência a atacar a credibilidade de Eminem para conquistar um gênero nascido na cultura negra. Ele é o Elvis do rap?

"Espera um pouco", adverte Adam Bradley, professor de Inglês da Universidade de Colorado-Boulder e autor do livro 'Book of Rhymes: The Poetics of Hip Hop' (Livro de Rimas: A Poética do Hip Hop). "É injusto dizer que Eminem é de alguma forma um colonizador do hip-hop. A raça foi apenas um dos fatores no rap".

"É também sobre a pobreza, algo que Eminem conhece em primeira mão", diz Bradley, um estudante de Ralph Ellison, que também leciona aulas de hip-hop, um campo acadêmico emergente.

"O uso de múltiplas personalidades com estilos diferentes de rima do Eminem é a sua maior contribuição para o hip-hop", ele acrescenta.

Como Slim Shady, "há violência cômica em desenho animado, e a voz é mais experiente, autodestrutiva", diz Bradley. Como Eminem, ele mostra o controle. 'Lose Yourself', por exemplo, "fica entre 10 e 14 sílabas por linha... isto é uma questão de consciência do ofício, em vez de acaso".

E como Marshall Mathers: "Este é profundamente emotivo. Você ouve o amor e o ódio a si mesmo sendo interpretados em suas lutas pessoais e públicas".

Acima de tudo, salienta Bradley, o rap é sobre criatividade verbal, disciplina e atenção à linguagem. "É uma forma robusta e densa de música que pode resultar em poesia transcendente".

E atenção aos estudiosos. Eminem é analisado em um novo livro da Universidade de Yale "The Anthology of Rap" (A Antologia do Rap), co-editado por Bradley e DuBois André.

Eminem é, acima de tudo, um contador de histórias, diz Marjorie Liu, 32 anos, autora de best-seller de 15 de romances paranormais e romances de fantasia urbana, assim como histórias em quadrinhos.

"Ele está firme nas histórias que ele conta e os lugares escuros que ele vai", diz Liu, uma fã desde 'Lose Yourself' de 2002. "Nem todos têm a coragem de fazer isso".

Liu, muitas vezes ouve Eminem quando ela escreve, principalmente se seus personagens estão enfrentando todas as adversidades. "Sua música incute um sentimento de teimosia e determinação".

Ela discorda da acusação de que algumas letras do Eminem são misóginas.

"Às vezes o que as pessoas sentem é feio... Só porque eu não quero ouvir a história que ele está dizendo, isso não a torna menos interessante".

E o homem tem credibilidade. Em 2002, ele publicou "Angry Blonde", que combinou suas letras e comentários pessoais. A autobiografia "The Way I Am" de 2008 conta sua vida em palavras e fotos.

Está na lista de uma fã de leitura, assim que ela terminar o mistério "Smokin' Seventeen" da Stephanie Plum. Evanovich diz: "Ele me fascina, e eu adoro uma história de sucesso".

Outras curiosidades sobre Eminem

Eminem entrou para o Guinness Book por ser o artista de Hip Hop que vendeu mais rápido.

Uma das exigências para entrar na Shady Records é batalhar liricamente com Eminem.

Eminem foi o primeiro artista de Hip Hop a conquistar o prêmio de Melhor Álbum de Rap três vezes consecutivas, no Grammy.

"Lose Yourself" foi o single que por maior tempo ocupou o primeiro lugar nas paradas de Hip Hop.

Eminem foi escolhido como o 79º na lisda dos "Melhores Artistas de Todos os Tempos" da VH1, e 82º pela Rolling Stone.

Durante as gravações de 8 Mile, Em escrevia as letras para da trilha sonora do filme nos intervalos. Quando começavam as gravações, membros de sua banca pegavam o caderno de sua mão para que ele parasse de escrever.

A MTV classificou Eminem como o 7º maior ícone da história da música Pop.

Eminem é descendentes de escoceses, galeses, ingleses, alemães, suíços, polacos e possivelmente luxemburgueses.

Foi falsamente noticiado quatro vezes que Eminem teria morrido em um acidente de carro, também foi noticiado uma vez sua morte por overdose.

Eminem é o membro mais velho do D12 (1972), e Kon Artis é o mais novo (1978)

Eminem é fã de Spiderman (Homem Aranha).

Eminem é obcecado por inovações tecnológicas.

A atriz pornô de Eminem favorita e Janet Jacme.

Eminem usa óculos por que é míope.

Eminem nunca tentou suicídio como as pessoas falam. Ele chegou a tomar uma overdose de medicamentos para lutar contra sua depressão, mas ficou muito feliz por acordar no dia seguinte.

O bracelete e o anel que ele normalmente usa são da Hailie e contém a descrição "DAD".

O filme favorito de Eminem é "The Matrix".

Eminem acha Robin Williams um artista brilhante e virce-versa.

Eminem corta seu próprio cabelo.

Eminem achou que Luis Resto era Michael Bolton quando o viu pela primeira vez.

Elton John dedicou sua música Rocket Man para Eminem.

A canção dançante favorita de Eminem é "Put Your Hands Where My Eyes Can See" de Busta Rhymes.

Shannon Elizabeth foi a primeira escolha de Em para ser a garota de "Superman".

A primeira escolha de Em e Dre para interpretar Stan foi Macaulay Culkin, que estava ocupada na ocasião. Dre selecionou Davon Sawa por que achou que ele parecia com Eminem. (Em fez um video onde interpretou Stan e Davon fez o mesmo). Dre mal conseguiu diferenciar um do outro.

Em e Hailie tem um gato chamado Tigger.

Em não fuma.

Em usa roupas tamanho XXL.

Eminem adotou a filha de Kim, Alaina.

Em prefere Fords. Seus amigos dizem que ele não gosta de dirigir.

Especula-se que Eminem escreveu letras para LL (em respostas aos ataques de Canibus), para Dr. Dre (todas as letras do álbum Chronic 2001 e algunas do álbum Detox), e para 50 Cent (50 admitiu que Em fez algumas mudanças em algumas letras suas para que fluissem melhor).

Eminem recebeu $3 milhões por seu filme "8 Mile"

Quando Dre conheceu Em, ele vestia uma roupa amarela brilhante que tinha ganho de um patrocinador, pelo fato de não ter dinheiro para comprar roupas decentes. Dre disse que Em parecia uma banana.

Dre forçou Em a mudar a linha "eu sou o equivalente ao que irá acontecer se Suge for estrupado" na faixa Love Me, para "eu sou o equivalente ao que irá acontecer se Bush for estrupado".

Gary Cozlowski era o cara que estava com Eminem no Hot Rocks Bar no dia em que Em viu Kim beijando outro homem. Ele tentou esconder a arma de Em quando ele a apontou para um homem. Em e Gary tornaram-se amigos quando eram adolescente. Gary apareceu so skit "The Kiss" do álbum The Eminem Show.

A Universal e a Interscope queriam que Eminem usasse a música "Cleaning Out My Closet" como tema do filme 8 Mile, mas ele achou que a música era muito pessoal para ser colocada em um filme, então Em fez "Lose Yourself".

Os outros membros do D12 achavam que Proof seria o único a estourar do grupo, e nunca imaginaram que Em chegaria onde chegou, pelo fato dele sr quieto e timído.

Em fez os três versos de "Lose Yourself " em uma tacada só.

Em chamou Graig G (membro da original Juice Crew), para co-escrever com ele todas as letras que foram recitadas em 8 Mile.

"Hailie's Song" deveria contar uma interpolação da música "While My Guitar Gentle Weeps" de George Hrisson, mas a viúva de George não permitiu. Em teve que refazer a música inteira.

Os parentes de Em o chamavam de Mickey quando ele era bebê, por que ele tinha orelhas grandes.

Foi Dr. Dre que convendeu Em a lançar a faixa "Hailie's Song" no álbum The Eminem Show. Dre tocou a música para duas amigas, e quando elas choraram, se convenceu de que a música teria que ser incluída no álbum de Eminem. Em planejava manter a música guardada para que Hailie ouvisse quando crescesse.

How High?, Orange County e The Matriz são alguns dos filmes favoritos de Eminem.

Mountain Dew é o drink preferito de Em.

O tatuador de Em é Mr. Cartoon. Ele está localizado na Califórnia.

Em sempre sonhou em samplear a música "Drem On" do Aerosmith. O sonho se realizou na faixa "Sing For The Moment".

Kim tem uma irmã gêmia chamada Dawn, ela teve uma filha e Em a adotou. Ela se chama Whitney.

Em passou muitas noites estudando o dicionário, com o intuito de ampliar seu vocabulário e melhorar suas rimas.

O cara vestido de cacto no vídeo de "Puple Hills", também esta no começo de "Without Me".

Em deu ao seu empresário Paul Rosenberg um dos grammys que ele ganhou em 2000.

Eminem garante que não usa palavrões em sua casa, ele disse que esse é seu trabalho, sua arte, e que em casa, com suas filhas nunca usa esse tipo de linguaja. 

Em tem uma estatueta dourada na estante. O Óscar foi pela música Lose Yourself, do filme 8 Mile, que ele protagonizou ao lado de Brittany Murphy. Em protesto contra o conflito no Iraque, Em não apareceu para receber o prêmio da categoria de Melhor Canção Original.

Em entrevista concedida a New York Times, Em defendeu o casamento gay. Ele disse: "Acho que se duas pessoas se amam, qual o problema? Não tenho nada contra ninguém".
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...